Está grávida... Já marcou consulta com o pediatra?

Não,  não me enganei na especialidade médica no título do post. Durante toda a gravidez, o foco de qualquer mãe é,  e muito bem, na sua saúde e em tudo o que se pode fazer para garantir que a gravidez decorre da melhor forma e que o desenvolvimento do bebé decorre dentro da normalidade. No entanto, existe uma outra especiaidade que, a par da Ginecologia e Obstetrícia, nos irá acompanhar durante todo o pós-parto e o que se lhe segue. E estou a falar da Pediatria. 

Os nossos bebés, depois de abandonarem o conforto da nossa barriga,  necessitam de um acompanhamento especializado que nos permita garantir que o seu desenvolvimento decorre de forma tranquila e que lhes é dado o melhor apoio em qualquer eventualidade. Para isso, os pais podem optar por uma de duas vias para este acompanhamento especializado: fazer o seguimento num médico de família disponível nas Unidades de Saúde Familiar (os tradicionais Centros de Saúde ) ou escolher um médico especialista em criancas, ou seja, um pediatra. Qualquer uma das opções é igualmente válida e adequada e existem mesmo casais que optam por ter os dois acompanhamentos em simultâneo. Nesta, como em tantas outras decisões referentes aos nossos filhos, não existe uma forma infalível que deve ser seguida por todos os pais. Existe sim a opção perfeita e que faz sentido a cada casal e que deve ser analisada em conjunto, pesando os prós e os contras de cada uma das formas de acompanhamento, tendo em conta, por exemplo, custos associados às consultas, proximidade do local da consulta ou facilidade de contacto com o profissional de saúde para qualquer pequena emergência ou dúvida. Outro factor que pode também ser determinante, caso seja a vossa opção, será a posição do profissional de saúde quanto à amamentação. Ainda que a Organização Mundial de Saúde e a nossa própria Direcção Geral de Saúde indiquem, nas suas orientações, que a amamentação deve ser feita em exclusivo até aos 6 meses e, a par da alimentação complementar, até aos dois anos, nem todos os profissionais de saúde apoiam de igual forma a amamentação, podendo levar muitas mães a desistirem de amamentar mais cedo do que desejariam. 

Por estas e muitas outras questões,  e sendo a vossa opção fazer o acompanhamento com um pediatra, será uma boa ideia marcarem uma consulta ainda grávidas para tentarem perceber se o profissional de saúde por que estão a optar se enquadra naquilo que estão a idealizar para o vosso bebé.  Será uma óptima oportunidade para compreenderem a disponibilidade e a abertura para determinadas questões como a amamentação e alimentação complementar.  Será também importante para perceberem a sua opinião quanto à vacinação extra Plano Nacional de Vacinação ou administração de suplementos/medicamentos aos bebés.  Nos primeiros tempos de vida do vosso bebé,  é fundamental que sintam empatia com o médico que o acompanha, que se sintam compreendidos enquanto pais e que sintam que aquela pessoa está ali para vos ouvir, esclarecer, orientar e disponível quando mais for preciso.

É por isso que lhe pergunto... Está grávida,  já marcou consulta com o pediatra?

Comentários

Mensagens populares deste blogue

Conhecem a alegre Paula?

You shall not pass!... Ou como depois de estarem cá fora, os nossos filhos podem trocar-nos completamente as voltas!

O meu bebé já se senta e consegue transformar uma abóbora num barco com um canivete suíço!