Primeiro aniversário... Paparoca não pode faltar!

Em Março escrevi que já estava a tratar dos preparativos da festa de primeiro aniversário do meu pequeno baby. Nessa altura, escrevi sobre duas decisões importantes que é necessário tomar antes de iniciar os preparativos: qual o local da festa e o tema que vamos escolher.

Escolhido o local e o tema da decoração e feita a lista dos convidados com quem queremos partilhar esta data tão especial, chega ao momento de pensar nas comidinhas e bebidas que vamos ter e tomar uma outra decisão: deixar o espírito masterchef baixar em nós e dedicarmo-nos à cozinha e preparar tudo em versão homemade? Ou deixar a paparoca nas mãos de quem já está mais habituado do que nós a tratar destas festas? 

Pois bem... Este ponto aqui depende, à semelhança da escolha da decoração, do orçamento que decidiram dedicar a este dia. No entanto, seja feito em casa ou comprado fora, temos sempre de ter presentes alguns pontos como possíveis intolerâncias ou alergias alimentares, número e idade das crianças presentes, hora a que vai ser a festinha e a época do ano. Não se esqueçam também de que, havendo crianças mais pequenas e que possam ainda estar a atravessar a fase de introdução dos alimentos, convém falar com os pais e saber aquilo que podem ou não comer de forma a terem alguns miminhos para eles preparados. Convém também, e porque podem ser crianças em tenra idade, não abusar dos doces presentes na mesa, tendo para eles opções mais saudáveis e que os possam deliciar, sem culpas ou sem riscos de doses de açúcar em excesso. Para isso, recomendo, por exemplo, as receitas partilhadas pelo blog Na Cadeira da Papa e no livro "Mãe, quero mais!", da autora do blog, onde podem encontrar algumas sugestões bem interessantes, fáceis de fazer e para comer sem preocupações. Recentemente, a Leonor (autora do blog Na Cadeira da Papa) partilhou alguns posts sobre a festa de aniversário das suas filhotas em que podem ver o tipo de sugestões de que falo, um com o tema da Doutora Brinquedos e outro com o tema da selva.

Por aqui, vamos optar pela versão de apoio externo... E a nossa escolha para preparar as comidinhas recaiu sobre a Casinha do Chá, um espaço amoroso que fica na Costa da Caparica e onde podem comer uns bolinhos de comer e chorar por mais (se tiverem oportunidade de passar por lá, experimentem o de batata doce e côco. Uma combinação inesperada mas absolutamente deliciosa!). E posso adiantar-vos que são amorosas em ajudarem-vos a preparar o melhor para os vossos convidados. Fica aqui a fica. 

Nos próximos dias, irei partilhar um pouco mais da decoração... E algumas dicas e sugestões que podem também seguir na preparação das vossas próprias festinhas para que sejam o momento mais especial possível!

Comentários

Mensagens populares deste blogue

You shall not pass!... Ou como depois de estarem cá fora, os nossos filhos podem trocar-nos completamente as voltas!

O meu bebé já se senta e consegue transformar uma abóbora num barco com um canivete suíço!

Conhecem a alegre Paula?